David Garrett – “Show Must Go On” Video

O Facebook de David partilhou, há pouco o vídeo oficial do tema “Show Must Go On”. Está brilhante! Espero que gostem!

David’s Facebook just published the oficial video of “Show Must Go On”. It’s just brilliant! Enjoy!

Fonte/Source: YouTube davidgarrettmusic

Advertisement

David Garrett – NDR “Das!”

Segundo o Facebook de David, este estará hoje em directo, no programa “Das!”, do canal NDR, às 18h45 (hora local). O canal em questão tem um livestream, no entanto, não tenho a certeza se funcionará em todo o mundo. Para mais informações, por favor cliquem aqui. Obrigada!

According to David’s Facebook, he’ll be live today on NDR’s show “DAS!”, at 18h45 (local time). The said tv channel has a livestream available, however, I can’t be sure if it will work worldwide. For more information, please click here. Thank you!

Fonte/Source: NDR.de

Fonte/Source: david-garrett.com,
Photos © Christoph Köstlin

David Garrett – “Ringlstetter” – Video

No caso de não terem conseguido ver o programa “Ringlstetter”, do canal BR – Bayerischer Rundfunk, o vídeo do mesmo já se encontra disponível e para o verem basta clicar em baixo. Divirtam-se!

In case you couldn’t watch the “Ringlstetter” talkshow, on BR – Bayerischer Rundfunk, the video is already available and to watch it, just click below. Enjoy!

Fonte/Source: BR.de

David Garrett – “Ringlstetter” – Teaser video

Aqui fica um pequeno vídeo de amostra do que poderão esperar do programa “Ringlstetter”, que será transmitido hoje, às 22h (hora local), no canal BR-Bayerischer Rundfunk. Espero que gostem!

Here’s a short video of what you might expect of tonight’s show, “Ringlstetter”, which will be broadcasted tonight at 10pm (local time), on BR-Bayerischer Rundfunk tv channel . Enjoy!

Fonte/Source: Facebook David Garrett,
Facebook Ringlstetter

David Garrett – BR- Bayerischer Rundfunk

Segundo o Facebook de David, este estará hoje em dois programas do canal BR- Bayerischer Rundfunk, o primeiro é “Abendschau”, às 18h (hora local) e o segundo, “Ringlstetter”, às 22h (também hora local). Para mais informações, por favor visitem o website do canal aqui. Obrigada!

According to David’s Facebook, he’ll be on BR- Bayerischer Rundfunk on two shows, the first one is “Abendschau”, at 18h (local time) and the second, “Ringlstetter”, at 22h (also local time). For more information, please visit the tv channel’s website here. Thank you!

Fonte/Source: Facebook Ringlstetter

David Garrett – Radio WDR4

Segundo o Facebook de David, este irá estar hoje em directo na rádio WDR 4 em Colónia, por volta das 16h, hora local. O canal de rádio tem um livestream disponível e para mais informações sobre o programa, por favor cliquem aqui. Obrigada!

According to David’s Facebook, he’ll be live today on radio WDR 4 in Cologne, at around 16h, local time. The radio channel has a livestream available and for more information, please click here. Thank you!

Fonte/Source: wdr.de

“UNLIMITED – Greatest Hits” – A personal review – part 3

Em baixo poderão ler a parte 3 do review ao novo álbum de David, “UNLIMITED – Greatest Hits”. Espero que gostem e obrigada!

Below you can read part 3 of my personal review of David’s new album, “UNLIMITED – Greatest Hits”. Enjoy and thank you!

Musica É

Se não estou em erro, este tema é Italiano e penso que nunca ouvi a versão original e, mais um vez, não o quis fazer para não me influenciar. Tal como o título e o próprio tema sugerem, música é… bom, para mim é, a um nível instrumental e sem qualquer tipo de letra, uma linguagem universal, que aproxima de certa forma, todos os seres, independentemente das particularidades de cada um deles. Mas no entanto, é ao mesmo tempo, algo muito pessoal, pois ao ouvir mesma coisa, cada individuo pode sentir coisas completamente diferentes e é isso que a torna tão especial. Podemos, através da música, contar uma história, ou simplesmente ter uma conversa, mas também é muito mais do que isso, a música consegue expressar as emoções mais profundas da nossa alma, sejam elas boas, menos boas, muito mais do que qualquer língua e, usando as palavras de Helen Keller: “As coisas mais bonitas e melhores do mundo não podem ser vistas, nem mesmo tocadas, têm de ser sentidas com coração”, tal como a própria música.

If I’m not mistaken, this is an Italian song and I don’t think I ever heard the original version, and again, I didn’t want to avoid being influenced by it. Like the its title and the song itself, music is (English translation of the title)… well, for me on an instrumental level, without any sort of lyrics, is an universal language that, in a way can bring all beings together, regardless of their individual particularities. However, at the same time, it’s something very personal too, because while listening to the very same thing, every individual can feel very different things and that is what it makes it so special. We can, through music, tell a story or simply have a conversation, but it can do more than that, music can express the deepest emotions of our soul, either good or not so good, much more than every other language can and using the words of Hellen Keller:The best and most beautiful things in the world cannot be seen or even touched, they must be felt with the heart.” just like music itself.

Viva La Vida

Como mencionei anteriormente, este tema já foi comentado noutra ocasião, por isso, e para evitar muitas repetições, aqui fica o link. Obrigada.

Toccata (2018)

Em todos os álbuns há pelo menos um momento “UAU!” e de completa surpresa. Quando ouvi este tema, com os novos arranjos, pela primeira vez, tive um desses momentos e a sensação que tenho é que fiquei sem respirar durante a música toda e de queixo caído. No final pensei literalmente “Quê… ? Como…? O que é que…?”, fiquei mesmo sem palavras e, como podem ver, o meu discurso estava a fazer imenso sentido. Quando “recuperei” as minhas faculdades mentais e comecei a raciocinar outra vez, apercebi-me que esta nova versão, com os novos arranjos são simplesmente brilhantes! David e Franck van der Heijden são, de facto, excelentes naquilo que fazem, sinceramente estou a ficar sem adjectivos que classifiquem o quão bom o seu trabalho e este tema é mais uma prova disso. Claro que se tornou, instantaneamente numa das minhas preferidas.

On every album there’s at least one “UAU!” moment and a complete surprise. When I first heard this song, with the new arrangements, I had one of those moments. What I fetl was like if I had stop breathing throughout the whole song and that my jaw was hanging open. When it was over I was thought “What…? How…? What was…?, I was speachless and as you can see, making a lot of sense too. After recovering all my mental abilities and started thinking straight again, I realised that this new version, with the new arrangements are simply brilliant! David and Franck van der Heijden are, in fact, excelent at what they do and I’m honestly running out of adjectives that can express how good their work is and this song is just one more proof of it. It became one of my favourites, instantly.

Nothing Else Matters

Esta é mais uma das minhas preferidas e também um clássico dos Metallica. Já ouvi várias versões deste tema, quer instrumental quer com voz, mas esta, sem contar com a original, continua a ser a que mais gosto, ao ponto de durante alguns anos, este tema ter sido o toque do meu antigo telemóvel. Para mim, esta versão é um pouco mais “doce” que a original, talvez por ser instrumental, mas também talvez por causa do violino e da orquestra, não sei precisar, mas é o que faz gostar tanto dela, é simplesmente linda.

This song is another one of my favourites and also another classic from Metallica. I’ve heard so many versions of this song, either instrumental or not, but this one is still the one I like the most, not counting the original one, to the point where it was, for years, the ringtone of my old phone. For me, this version is a little more “sweet” than the original, probably because it’s instrumental, or maybe because of the violin and the orchestra, I’m not really sure, but that’s why I like it so much, it’s just beautiful.

Fonte/Source: david-garrett.com

Fonte/Source: david-garrett.com

David Garrett – ARD “Brisant”

Segundo o Facebook de David, vai para o ar hoje, às 17h15 (hora local), a entrevista que David deu para o programa “Brisant”, do canal ARD. O referido canal de televisão tem um livestream disponível, o qual acabei de verificar que funciona fora da Alemanha. Como ante-visão do programa, podem ler um pequeno artigo aqui, publicado no website Press Portal, bem como 2 curtos vídeos, publicados também pelo mesmo website. Divirtam-se!

According to David’s Facebook, he’s interview for the ARD tv show “Brisant” will be broadcasted today, at 17h15 (local time). The said tv channel has a livestream available, I’ve just checked and it works outside Germany. As a preview of the show, you can read a short article here, published by the Press Portal website, as well as 2 short videos, also published by the same website. Enjoy!

Fonte/Source: presseportal.de

“UNLIMITED – Greatest Hits” – A personal review – part 2

Aqui fica a parte 2 do review ao novo álbum de David, “UNLIMITED – Greatest Hits”. Espero que gostem e obrigada por lerem! 😀

Here’s part 2 of my personal review of David’s new album, “UNLIMITED – Greatest Hits”. I hope you like it and thank you for taking the time to read it! 😀

The Show Must Go On (2018)

Um grande tema dos Queen e, novamente, um dos meus preferidos, penso até que foi dos primeiros que ouvi da banda. É, de certa forma, curioso estar a escrever este comentário no mês do falecimento de Freddie Mercury e também no mês de estreia do filme “Bohemian Rapsody”. A versão de David é, mais uma vez, brilhante. Já o disse anteriormente, mas volto a dizer, David consegue transmitir com o violino a essência de Freddie, quase como que se fosse a voz deste último e, pelo facto de ser uma versão instrumental (excepto o refrão), consegue ter um enfoque maior nas emoções uma vez que não tem a limitação da linguagem. O que simboliza para mim é, não importa quantas vezes tenhamos de cair, quantas vezes tenhamos de nos reinventar, temos e podemos sempre nos levantar e continuar. Há um sentimento de esperança que depois da tempestade vem a bonança e que realmente temos força interior suficiente para continuar a nossa jornada pessoal.

A great song from Queen and, again, one of my favourites, I think it might have been one of the first I ever heard from the band. It’s curious in away, writting this review on the anniversary month of Freddie Mercury’s passing and also the month of the film “Bohemian Rapsody” premiere. David’s version is, again, simply brilliant. I’ve said it before and I’ll say it again, David really conveys Freddie’s essence, almost like his voice and by the fact it’s an instrumental version (except the chorus) it has a greater focus on the emotions since it does not have the limitation of the language. For me it means, that no matter how many times we fall, or how many times we have to reinvent ourselves, we have and we can always get up and carry on. There’s a feeling of hope that after the storm, the sun will shine again and that we really do have enough inner strength to go on with our personal journey.

Air (Accoustic version 2018)

A primeira vez que me lembro de ouvir esta peça foi num filme, devia ter uns 7 ou 8 anos. O engraçado é que não me consigo lembrar de que filme se tratava, penso que era um dos de James Bond mas não tenho a certeza. Lembro-me vagamente que a cena não tinha diálogo e envolvia água. O que é interessante, é notar que não me lembro de praticamente nada do filme em questão, apenas da música, o que para mim demonstra o quão importante ela é numa cena. Para além disso, este tema tem um efeito calmante e relaxante, de tal forma que, ultimamente ouço-o antes de dormir. Mas não é só pelo facto de ser acústico que tem esse efeito, é também pela “energia” que transmite e isso é algo que, do meu ponto de vista, está relacionado com quem a toca, pois não são apenas notas musicais é muito mais do que isso, mas no entanto, não consigo encontrar palavras para o descrever e, na verdade nem é necessário, basta ouvir e sentir.

The first time I remember hearing this piece was in a film and I was about 7 or 8 years old. The funny thing is I can’t remember which film was, I believe it was one of the old James Bond ones, but I’m not sure. I vaguely remember that there was no dialogue and the scene involved water. The interesting thing is realizing that I don’t remember anything about the film, apart from the music, which demonstrates how importante music is in a scene. Also, this piece has a soothing and calming effect, in the way that I’ve been hearing it before going to sleep. But it’s not because it’s an accoustic version that has that effect, it’s also because of the “energy” that comes from it and that is something, from my perspective, related to whom plays it, because it’s not just musical notes, it’s much more than that, but I can’t really find words to describe it, in fact there’s actually no need for that, we just have to listen and feel.

The 5th

Penso que este tema foi dos primeiros que ouvi de David e também a primeira “experiência crossover“, por assim dizer, pois foi a primeira que ouvi que realmente junta clássico e rock. A 5ª Sinfonia de Beethoven é uma das minhas preferidas, tal como o próprio compositor e esta versão é simplesmente de génio, aliás, fiquei mesmo de queixo caído quando a ouvi a primeira vez (tem tendência a acontecer), pois até então nunca tinha ouvido nada do género. Lembro-me que na altura em que comprei o álbum “Rock Symphonies”, era e ainda é, uma das minhas preferidas, aliás, foi o meu primeiro álbum de David e passava o tempo todo a ouvir este tema, especialmente se estava a conduzir, ou a fazer alguma coisa que requeresse inspiração, ainda continuo a fazê-lo, não só com este tema em particular, mas com muitos outros. Posso mesmo dizer que foi este tema que me levou a mostrar, a alguns amigos, o trabalho de David, pois tinha de partilhar de tão bom que era (e é)! Se os meus amigos gostaram? Bem, posso dizer-vos que não só gostaram como acabei por comprar 4 cópias do referido álbum, LOL.

I think this was one of the first songs I heard from David and also my first actual “crossover experience”, so to speak, because it was the 1st one I heard that really combines classical and rock. Beethoven’s 5th Symphony is one of my favourites as it is its composer, and this version is simply genious, my jaw literally dropped when I heard it the first time (it tends to happen), because up until that moment I have never heard anything like it. I remember when I bought the “Rock Symphonies” album, was and still is one of my favourites, in fact, that was the first David’s album I purchased and I used to listen this song all the time, specially while driving or doing something that required inspiration, I still do it, but of course not just with this track in particular, but with many others. I can actaully say that this song was what made me show David’s work to some friends, I just had to share it because it was (and is) so good. Did my friends like it? Well, I can tell you that not only loved it I ended up buying 4 copies of the said album, LOL.

Asturias (Accoustic version 2018)

Esta é mais uma das minhas preferidas, embora não me lembre sequer de ter ouvido alguma vez a versão original. De qualquer das formas, faz-me sempre lembrar o Flamenco que, para não conhece é uma forma de arte baseada nas várias tradições da música folclórica do sul da Espanha, cujas origens remontam às culturas cigana e mourisca, e que inclui música, canto, dança, sapateado e palmas. Aliás, é mesmo essa a imagem que surge na minha mente, sempre que ouço este tema, um conjunto de músicos e de bailarinos a dançar flamenco. Para terem uma ideia do que estou a falar, vejam esta imagem. Seria interessante ver esses mesmos bailarinos, com o seu estilo particular de dança, dançarem ao som deste tema.

This one is another favourite of mine, although I don’t remember if I ever heard the orginal version. Either way, it always reminds me of Flamenco which, for those of you who are familiar with it, it’s a form of art based on various traditions of folk music from southern Spain, whose origins go back to the Gypsy and Moorish cultures, which includes music, singing, dancing, tap dancing and handclaping. In fact, that’s exactly the image that appears in my mind every time I listen to this track, several musicians and dancers dancing flamenco. To have an ideia of what I’m talking about, check this image. It would be really interesting to watch those flamenco dancers, with their particular way of performing, dancing to this track.

Fonte/Source: david-garrett.com

Fonte/Source: david-garrett.com

David Garrett – “UNLIMINTED – Greatest Hits Live” – Prague

O Facebook de David, informou há pouco que, pela primeira vez, este e a sua banda irão tocar em Praga, República Checa. Será no dia 1 de Outubro de 2019 e os os bilhetes para o espectáculo são hoje postos à venda, às 13h, hora local, no website: ticketportal.cz. Obrigada!

David’s Facebook just informed that, for the first time, he and his band will be performing in Prague, Czech Republic. It will be on October 1st, 2019 and the tickets for the show will go on sale at 1pm, local time, on the ticketportal.cz. Thnk you!

Fonte/Source: Facebook David Garrett

Fonte/Source: Facebook David Garrett

David Garrett – “UNLIMITED – Greatest Hits Live”- Baltic States 2019

Segundo o Facebook de David, este e a sua banda irão estar de volta aos Balcãs, em Outubro de 2019, com a digressão “UNLIMITED – Greatest Hits”. Os bilhetes são postos à venda hoje! As datas dos espectáculos encontram-se em baixo. Obrigada!

According to David’s Facebook, he and his band will be back in the Baltics, in October 2019, with the “UNLIMITED – Greatest Hits” tour. The tickets go on sale today! The concert dates are e below. Thank you!

09 Oct. 2019 – Vilnius, Siemens Arena
10 Oct. 2019 – Riga, Arēna Rīga (Arena Riga)
11 Oct. 2019 – Tallinn, Saku Suurhall

Fonte/Source: Facebook David Garrett

David Garrett – MDR um 4 “Gäste zum Kaffee” – Video

Como sabem, David foi o convidado de hoje do programa MDR um 4 “Gäste zum Kaffee”. Se não tiveram oportunidade de ver ou se tiveram problemas com o livestream, tal como eu, aqui fica o vídeo. Espero que gostem!

As you know, David was the guest on today’s tv show MDR um 4 “Gäste zum Kaffee”. If you couldn’t watch it, or had issues with the livestream, like I did, here’s the video. Enjoy!

Fonte/Source: MDR.de

David Garrett – MDR um 4 “Gäste zum Kaffee”

Segundo o Facebook de David, este vai estar hoje em directo no canal MDR no programa MDR um 4 “Gäste zum Kaffee” às 16h30, hora local. O canal de tv em questão disponibiliza um livestream aqui, no entanto não posso garantir que funcione no mundo inteiro. Obrigada!

According to David’s Facebook, he’ll be live today, at 16h30 local time, on the MDR show MDR um 4 “Gäste zum Kaffee”. The said tv channel has a livestream available here, however I can’t be sure if it works worldwide. Thank you!

Fonte/Source: MDR.de,
Photo © Imago/Scanpix

Fonte/Source: MDR.de, Photo © Imago/Scanpix

David Garrett – “Explosive Live” Mexico City – 2 more photos

Há pouco encontrei mais estas duas fotos do segundo concerto na Cidade do México, que se realizou no passado dia 3 de Novembro e gostaria de as partilhar. As fotos foram publicadas no Instagram auditoriomx (Auditorio Nacional) e também podem ser vistas em baixo. Espero que gostem!

A few moments ago I’ve found these 2 photos of the second concert in Mexico City, that took place on November 3rd and I’d like to share them with you. The photos were published by auditoriomx Instagram (Auditorio Nacional) and can also be seen below. Enjoy!

Fonte/Source: Instagram auditoriomx

David Garrett – Bild.de Interview

O Facebook de David partilhou há pouco a entrevista que este deu ontem a Bild.de, a qual podem ler (em Alemão) aqui, juntamente com a mesma há um pequeno vídeo. Espero que gostem!

David’s Facebook shared an interview he did yesterday for the Bild.de, which you can read here (in German), there’s also a short video in the same article. Enjoy!

Fonte/Source: Bild.de
Photos © Wolf Lux